Há poesia em cada dia! Hoje é

apontamentos

Uma brincadeira séria, meu momento Bukowski:


apontamentos

gosto do lirismo
contido em um pacote de bolachas
(sim, sou paulista
e não digo biscoito).
o pacote tem início
meio
fim
e ainda restam farelos,
migalhas para comer.
como migalhas de BOLACHA,
não como migalhas de AMOR-PRÓPRIO.
“velho Hank, amigo,
um café puro,
bem preto,
sem açúcar,
pra nós dois.”

10 comentários:

Kobayashi disse...

hahaahaha, café para o velho safado?! hahahaha. Eu realmente ri quandl li isso. Muito bom o blog. Abraço e sucesso.

Se tiver tempo para lê algo aqui, agradeceria: www.aindasomosjovens.blogspot.com

Marcos R. B. Lima disse...

Olá,

Obrigado pela atenção, rapaz! Visitarei seu espaço.

Abraços.

Mara Gadai disse...

Brincadeiras sérias que nos deixa a pensar!
Cada um com seu dialeto!

VIVA A DIVERSIDADE!

Obrigada pelo comentário!

Gisele Baciano disse...

Do eu para o nós em um instante.
Simples, forte e intenso. Igual ao café!

Marcos R. B. Lima disse...

Olá, Mara.

Gosto de assumir outros 'eus', rs. Agradeço pela passagem por aqui!

Abraços.

Marcos R. B. Lima disse...

Olá, Gisele.

Só um café fortíssimo para ajudar o 'Velho Buk', rs. Obrigado pelo comentário!

Abraços.

Edu Lazaro disse...

Somos paulistas, poéticos, viciados em sentidos e filhos do mesmo pai de todos brasileiros. Legal a poesia, gostei!

Anônimo disse...

Muito bom.


Andreia
@_audray_

Marcos R. B. Lima disse...

Olá, Edu.

Sempre digo que a poesia une, amigo. Espero sua presença sempre!

Abraços.

Marcos R. B. Lima disse...

Olá, Andreia.

Obrigado por passar por aqui!

Abraços.

Postar um comentário

Traduzir / Translate

 

© Copyright Há poesia em cada dia . All Rights Reserved.

Designed by TemplateWorld and sponsored by SmashingMagazine

Blogger Template created by Deluxe Templates