Há poesia em cada dia! Hoje é

Acuidade

Sem mais:


Acuidade

Você me vê, mas não me enxerga.
A sua retina,
entre o rubro e o violáceo,
tirou-me do foco.

Você se move com o ritmo,
eu acompanho os compassos.

O ritmo exige a atuação,
o compasso exige a audição.

Você me enxerga, mas não me vê.
A sua rotina,
entre o rubro e o violáceo,
tirou-me do roteiro.

Você vive o momento,
eu espero o imponderável.

O momento exige entrega,
o imponderável exige ser cauto.

Você me vê e me enxerga.
A sua neblina,
entre o rubro e o violáceo,
é que não vê e não enxerga.

0 comentários:

Postar um comentário

Traduzir / Translate

 

© Copyright Há poesia em cada dia . All Rights Reserved.

Designed by TemplateWorld and sponsored by SmashingMagazine

Blogger Template created by Deluxe Templates