Há poesia em cada dia! Hoje é

O papel do poeta

Um autor não tem distanciamento suficiente para julgar a sua obra, mas acredito que este poema é um dos mais significativos que já escrevi - espero que também gostem:


O papel do poeta


Escondo-me ou me escondo ou ainda esconder-me-ia
atrás da poesia. Pode ser que eu também me esconda
ou esconda-me ou esconder-me-ei atrás do que não sei.
As palavras são várias, o léxico, o dicionário é infinito.

A imensidão da língua é labirinto e guardo um lugar,
Especial, entre os verbetes para a minha indecisão.
Atropelo os vocábulos precisos e procuro a poesia
Em busca de uma palavra para o meu novo nome.

Já tenho um nome, seis letras, não é Severino,
que é grande e tão pouco é o meu de pia –
é de registro mesmo. Mas não posso existir,
nome é coisa de autor e autor é coisa da realidade.

Autor existe enquanto vive, texto existe enquanto é lido.
Perdi meu nome, meu nome agora é eu lírico.
Pela eternidade: ele poema, tu leitor,
eu lírico.

6 comentários:

isabel maria disse...

Fantástico!

Marcos R. B. Lima disse...

Obrigado, Isabel!

Uma vez por semana temos um novo poema aqui no "Há poesia em cada dia" e as suas visitas são muito importantes.

Abraços.

Manuel Pintor disse...

Eu leitor me confesso
Te reconhecer pelo nome
Que invento quando te leio
Nas tuas palavras nado
Mergulho na imensidão
Me recolho em seu seio

De ti poeta,
leio em mim,
porque viva,
a poesia

Marcos R. B. Lima disse...

Olá Manuel,

Obrigado pelo belo poema como resposta. Sempre é muito bom poder dialogar com alguém como você. Apareça sempre aqui no blog.

Abraços!

Folhadoliveira disse...

...bem interessante esta sua predileta, pretendo mais vir visitá-lo e ler-lhe.
Fiquei estranhada qdo vi sua foto e percebi q vc não era mulher, eu o imaginava mulher... não por qq anterior indício pessoal seu, mas, talvez, por ser eu mulher e me enxergar em um ou outro dos seus escritos...
Parabéns pelo seu blog, por seu amor às letras, ao idioma pátrio... e pelo seu aniversário! -Espero ter-lhe confortado um pouco da sua catapora de aniverio... rs
Cordialmente,
Rachel.

Marcos R. B. Lima disse...

Olá Rachel,

A sua fala "por ser eu mulher e me enxergar em um ou outro dos seus escritos..." já foi um grande presente e me confortou muito. Qualquer escritor fica satisfeito sabendo que o leitor conseguiu sentir algo especial lendo um texto seu - mesmo não tendo necessariamente as mesmas características da outra pessoa.

Obrigado e volte sempre! Abraços.

Postar um comentário

Traduzir / Translate

 

© Copyright Há poesia em cada dia . All Rights Reserved.

Designed by TemplateWorld and sponsored by SmashingMagazine

Blogger Template created by Deluxe Templates