Há poesia em cada dia! Hoje é

O papel do poeta

Um autor não tem distanciamento suficiente para julgar a sua obra, mas acredito que este poema é um dos mais significativos que já escrevi - espero que também gostem:


O papel do poeta


Escondo-me ou me escondo ou ainda esconder-me-ia
atrás da poesia. Pode ser que eu também me esconda
ou esconda-me ou esconder-me-ei atrás do que não sei.
As palavras são várias, o léxico, o dicionário é infinito.

A imensidão da língua é labirinto e guardo um lugar,
Especial, entre os verbetes para a minha indecisão.
Atropelo os vocábulos precisos e procuro a poesia
Em busca de uma palavra para o meu novo nome.

Já tenho um nome, seis letras, não é Severino,
que é grande e tão pouco é o meu de pia –
é de registro mesmo. Mas não posso existir,
nome é coisa de autor e autor é coisa da realidade.

Autor existe enquanto vive, texto existe enquanto é lido.
Perdi meu nome, meu nome agora é eu lírico.
Pela eternidade: ele poema, tu leitor,
eu lírico.

Descobrimento revisitado

Sem mais. O texto fala por si:


Descobrimento revisitado

Quem descobriu o Brasil?
Cabral.
João Cabral de Melo Neto.

Selos da Blogosfera

Olá pessoal,


Confesso, não que vivi como Neruda, mas confesso. Eu sabia que existiam, porém não entendia muito bem como funcionava a relação de selos existentes na blogosfera. Força do hábito de ser escritor blogeiro e receber os meus primeiros selos fizeram com que eu aprendesse sobre o assunto.

Criei uma página apenas para colocar os selos que ganhei. Ela fica na guia "Sobre o Blog", primeira do lado direito da página, e lá vocês podem conferir os dez selos que ganhei. Os selos foram ofertados ao blog pela Bianca Briones do "Redoma de Cristal". Desde já os meus agradecimentos a ela. Alguns deles vieram com regras, não obrigatórias, entretanto não pude me furtar da cortesia de cumpri-las. Aqui vão as respostas:

1. Por que você acha que mereceu esse selinho?
Acho que o selo é fruto da poesia e da resiliência. As duas são pilares do blog e fico muito feliz sabendo que sou lido e que as pessoas gostam do conteúdo. O texto não se realiza sem o leitor.


2. Na sua opinião, qual post de seu blog é mais merecedor de um prêmio?
A pergunta soa, inicialmente, como um soco no estômago (rs). Escolher um texto é não escolher outros e isso é sempre difícil quando falamos de poesia. Não consigo escolher apenas um texto que eu gosto, então vou colocar alguns e os leitores decidirão qual mais lhes agrada. Gosto muito de Pequena história de Pablo Neruda - homenagem ao poeta chileno -, Olhos de Ressaca - soneto que nasceu de uma brincadeira séria com o capítulo 55 de Dom Casmurro -, O garoto de Prata - soneto em que presto homenagem para um genial aluno inclusivo que tive a oportunidade de conhecer - e Balada do Andarilho da Lua - homenagem póstuma ao Rei do Pop, Michael Jackson.

3.Do blog que te indicou, o que mais te agrada? Ele merecia o Blog de Ouro?
O "Redoma de Cristal" foi uma feliz descoberta. No ato de retuitar mensagens, descobri o perfil da Bianca Briones e gostei muito do blog, então a adicionei no Twitter e passei a acompanhar os seus textos. O "Redoma de Cristal" é um feliz exemplo do que a liberdade e gratuidade da blogosfera pode nos ofertar: textos de qualidade como o de autores consagrados e publicados. Merece o Blog de Ouro? Merece.

Agora a novidade:

Movido pelos selos, criei um selo para o meu blog! Agora também posso reconhecer de maneira efetiva os blogs que admiro e que também trabalham com a poesia. Vejam o selo abaixo:


Começo então ofertando os selos que ganhei (podem retirar as imagens no link) e o meu selo para cinco blogs que acompanho:

1. Redoma de Cristal: Motivos sobreditos;

2. Cultura Grátis em SP: Sempre um bom evento cultural, muitas vezes literário, em destaque;

3. Seres Coletivos: Sinceramente, no mínimo, um conceito interessantíssimo de motivação para ter um blog;

4. Peramblogando: Cultura inútil que é útil e cultura útil que não é inútil;

5. Paisagens da Crítica: Talvez as melhores resenhas que já li. Júlio é muito consciente.

Agradeço a todos!

Lusofonia

Brasil, Portugal, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné Bissau, São Tomé e Príncipe, Timor Leste. Aí vai:


Lusofonia

Abra a boca devagar e deguste as
metáforas, delicadamente,
percorrendo o meu corpo com a língua
portuguesa em suaves movimentos
linguísticos e pragmáticos.

Olhe para mim com este seu modo
subjuntivo de ser e impere,
indique o meu modo correto de ser
e estar. O estado de minhas ações
é ligado ao amor: fenômeno da natureza!

Venha e eu defloro a sua Flor
do Lácio, única e derradeira,
portuguesa, africana, asiática
ou ainda a bela flor brasileira,
fetichista, acorrentada ao léxico.

Aniversário do Blog e Johnny Alf

No último dia 21/03, o blog Há poesia em cada dia completou um ano de existência. Não comentei nada porque achei que a postagem sobre o Glauco merecia mais atenção naquele dado momento, mas é com grande felicidade que retomo esta data tão importante. Um ano em que há poesia em cada dia - muitos, com a benção divina, ainda virão.

Hoje, faço aqui a minha homenagem ao precursor da Bossa Nova: Johnny Alf. O pianista influenciou os grandes nomes da Bossa como Tom Jobim, Carlos Lyra, Roberto Menescal entre outros. Morreu aos oitenta anos, infelizmente, só e parcialmente esquecido pela mídia. Mas não seria certo chorar por Alf, não por ele que nos deu tanta alegria. Por você Alf, alegria sempre!


Elegia alegre a Johnny Alf

Melodia com muita Bossa
retirou do sério piano
tocando diverso, dançante
e triste – do Jazz foi amante.
Johnny Alf: um rapaz de bem.

Criou uma música nossa,
mas com timbre americano,
aproveitando a vertente
brasileira tão iminente.
Johnny Alf: um rapaz de bem.

Balbuciando bons mosaicos,
cantando com alegria e dor,
foi Alfredo José da Silva
mais que um simples bom cantor.
Johnny Alf, um rapaz de bem,
eis que, sozinho, morre sim
aos oitenta anos, enfim
o símbolo da perfeição: o
8 sendo infinito, o
0 que nunca vai ter fim.

Traduzir / Translate

 

© Copyright Há poesia em cada dia . All Rights Reserved.

Designed by TemplateWorld and sponsored by SmashingMagazine

Blogger Template created by Deluxe Templates