Há poesia em cada dia! Hoje é

Lágrimas

Lágrimas. Tão fáceis para alguns e tão difíceis para outros. Aí vai:


LÁGRIMAS

Todas as vezes que chorei
não o fiz com lágrimas, mas
sim com tinta. E assim derramei
lágrimas e lágrimas de tinta
sobre folhas e maços de papel.
A substância tornou-se parte
das palavras e as palavras
parte do meu canto.

4 comentários:

Solange Okazaki disse...

Pois é...
me surpreendi com esta revelação...
na verdade havia percebido...
mas não concretamente... "oficialmente"...

Beijos,
Sol.

Marcos R. B. Lima disse...

Pois é, também...

Não tenho muito mais a falar além do próprio texto. Obrigado pelo comentário.

Beijos.

bittarpoeta disse...

Muito bom o seu poema
Gostei muito
É um prazer revê-lo
Um abraço
Acesse a minha página no recanto das letras
http://recantodasletras.uol.com.br/autores/bittarpoeta

bittarpoeta

Marcos R. B. Lima disse...

Olá Bittar,

Pode ter certeza que também visitarei a sua página no Recanto das Letras - tenho certeza que ela deve ser tão boa quanto as suas aqui no Blogger. Vamos manter contato.

Abraços.

Postar um comentário

Traduzir / Translate

 

© Copyright Há poesia em cada dia . All Rights Reserved.

Designed by TemplateWorld and sponsored by SmashingMagazine

Blogger Template created by Deluxe Templates